sexta-feira, 24 de setembro de 2010

«OS MESTRES DO OCULTISMO» - ANDRÉ NATAF (´LES MAITRES DE L'OCULTISME`)



«OS MESTRES DO OCULTISMO»
ANDRÉ NATAF

TRADUÇÃO: PEDRO RAMOS
REVISÃO: SOFIA MOÇO
ICONOGRAFIA: ODILE GAUVREAU

COLECÇÃO OLHAR PLURAL

EDITORA PERGAMINHO
LISBOA - 1997
ISBN: 972-711-089-4
Dep. Legal:116019/97

TÍTULO ORIGINAL:
´LES MAITRES DE L'OCULTISME`
BORDAS, S. A.
PARIS, 1989
ISBN: 2-04-18458-9

A filosofia oculta constitui-se depurando o pensamento mágico, tão bem abordado por LÉVY-
-BRUHL, das suas abstracções e do seu irrealismo; mas ao contrário do pensamento estritamente racional, tenta preservar aquilo que ANDRÉ BRETON designa pelo «indestrutível núcleo da noite. Para ela, como para o poeta, o mundo dos sonhos encerra uma verdade que não contradiz a ciência, mas que percorre outros caminhos. Isso explica o fascínio que o ocultismo exerceu nos escritores e nos artistas. Já foi citado BRETON. Mas poderia também citar-se G. de NERVAL, CH. BAUDELAIRE, JERONIMOS BOSCH, W.A. MOZART, H. de BAZAC, e muitos outros, de que nesta obra são invocados os nomes quando se aborda este ou aquele mestre.
O ocultismo tem origem em dois tipos de raciocínio indispensáveis à vida espiritual, que a ciência, que procede por silogismos, se limita a aplicar: o conhecimento intuitivo e sobretudo o raciocínio
analógoco. Os dois mundos (o mágico e o racional), contudo, apesar da sua existência indepen-
dente, não deixam de ter ligações que permitem ir de um ao outro, o que impede a rejeição ab-
soluta do ocultismo.

ANDRÉ NATAF é um reconhecido ensaísta e dramaturgo francês!


Sem comentários:

Enviar um comentário

ESTE BLOG NÃO ESTÁ RELACIONADO DE MODO NENHUM COM O GRUPO YAHOO CIRCULO HERMETICO E NEHUM DOS CONTEÚDOS AQUI PRESENTES PODE SER CONFUNDIDO COM OS CONTEÚDOS DESSE MESMO GRUPO